Poeta Carvalho Neto
De Poesia ninguém morre... se vive!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos




Amada Amante


No teu corpo, eu encontro,
Um pedaço grande de mim mesmo...
Escondo todos os meus segredos,
E satisfaço os meus desejos.

Em teus braços... me arregaço,
Me prendo inteiro como laço,
Escondo todo o meu cansaço,
Nos teus cabelos me embaraço.

E, no aconchego desse leito,

Amor mais profano... mais perfeito,
Em teu colo, eu me deito,
A ti me entrego de qualquer jeito.

Se, no teu perfume me embriago,
Nos teus caminhos, eu me perco...
E, em teu prazer vou me buscar,
Somente a ti, irei amar.

(Carvalho Neto)


POST SCRIPTUM
 
 
Não conheço o processo de construção literária de meus amigos autores do Recanto das Letras. Creio que alguns têm maneiras muito próprias... diferentes. Confesso, que não tenho um estilo definido. Mas, isso deixou de ser qualquer preocupação para mim.

Assim, esta poesia nasceu do nada. Foi uma inspiração momentânea. Sentei-me à mesa e rapidamente saiu o texto... talvez, com alguma intextualidade com a letra da música de Roberto e Erasmo Carlos, com mesmo título. Se aconteceu, foi absolutamente involuntária. 

Em sua versão inicial, percebi no poema tinturas de sensualidade, fugindo à proposta que venho trilhando na elaboração das minhas poesias. Fiz, então, algumas mudanças.


Bem... o resultado desses "arranjos" é o poema acima. 
 

BELÍSSIMA INTERAÇÃO


Amante Amada

Neste teu corpo eu me encontro,
Mas me perco numa doce loucura,
Me envolvo até me sentir pronto,
Pra viver outra mágica aventura.

Teu corpo tão cheiroso me abraça,
Num aconchego morno e envolvente,
Afago teus seios como duas taças,
Beijando os teus lábios ardentes.

Nos fundimos como lava de vulcão,
E cada qual querendo dar-se mais,
Uma entrega delirante de paixão,
Entre soluços entremeados de "ais".

E Esta paixão tão cheia de calor,
Me faz acreditar com toda certeza,
Não é mais apenas paixão... É amor.
Me faz eterno escravo da tua beleza.

 
(Trovador das Alterosas)

 
Ps: Ter um poeta como o Trovador das Alterosas em minha página é um presente de Deus! 

 
Antônio Carvalho Neto
Enviado por Antônio Carvalho Neto em 06/12/2017
Alterado em 07/12/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários