Antônio Carvalho Neto
De Poesia ninguém morre... se vive!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos




Língua Solta


Língua solta também é ferina,
Diz coisas que até Deus duvida,
Só para quando termina,
De falar mal de todos na vida.

Fala de mim, dele, dela... de si,
De qualquer um que vier,
Da manga, goiaba e do sapoti,
Fala de homem, menino e mulher.

Língua grande mal cabe na boca,
Assusta mais pelo veneno,
Conversa tanto que fica rouca,
Fica o mundo estreito e pequeno.

Forimbunda, desgraçada e peçonhenta,
Essa língua é tão fofoqueira,
Que nem mesmo o Diabo aguenta,
Com tanta futrica e besteira.

Por isso tenha cuidado,
Ouça desconfiado o que ela diz,
É bom ficar preocupado,
Com essa tal língua infeliz.


Assim, lhe dou mais um conselho,
Na conversa, seja último a sair,
Esse tipo é tão traiçoeiro,
Depois fala mal é de ti.




Agradeço a espetacular interação do grande Orpheu Leal


Língua solta é perigosa,
Solta muitos impropérios,
O seu dono fala e goza,
Em assuntos sempre sérios.


 

Post Scriptum


 
A poetisa do RL, "Uma Mulher um Poema", postou uma divertida e sugestiva trova com o titulo "Língua Solta". Adorei quando li. Fiquei tentado em lhe fazer uma interação, mas, naquele momento não me veio inspiração a altura de sua brilhante página. Hoje me lembrei e resolvi lhe fazer uma homenagem, respondendo aquela trova de que tanto gostei.

Depois percebi que a trova da querida poetisa já era interação de uma outra da lavra do maravilhoso escritor/poeta Orpheu Leal. Assim, este poema tem o histórico genético de ambos. Obrigado poetisa... obrigado Grande Orpheu!!!

 
Bem... sobre o texto, de per si, assevero que qualquer semelhança com pessoas conhecidas (parentes, vizinhos, colegas de trabalho, amigos de infância, vendedor de livro, dentistas, advogados, conterrâneos, flamenguistas), é mera coincidência... JURO !!!

Creio que ficará interessante, declamado por meu cunhado, Antônio Wélton, principalmente, se ele já tiver com umas 5 cervejas na cabeça. É contigo Weltão!!!

 
Antônio Carvalho Neto
Enviado por Antônio Carvalho Neto em 16/03/2018
Alterado em 18/04/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários